Dia do fazendeiro: valorize esta profissão

Dia do fazendeiro: valorize esta profissão

Dia do Fazendeiro – 21/9 é dia do Fazendeiro, falar um pouco mais sobre a profissão discursando sobre o que ele faz, qual sua importância, quais os prós e contras da profissão, o que é preciso para trabalhar na área. Falar como se ganha dinheiro com uma fazenda.

­­­­­­­­­­­­­­

A atividade de fazendeiro já é exercida desde a Roma antiga, onde alguns proprietários possuíam grande parte das terras produtivas. No Brasil, os fazendeiros começaram a ganhar mais destaque no período da escravidão. Nessa época, eles eram conhecidos como os “grandes senhores” ou Barões, e possuíam outras profissões que nada tinha haver com a prática da agricultura ou pecuária. Geralmente, os fazendeiros denominavam a outras pessoas a responsabilidade do dia-a-dia de suas fazendas. Essas pessoas de confiança eram conhecidas como administradores da fazenda.

Os fazendeiros que possuíam grandes quantidades de terra naquele período eram conhecidos como latifundiários. Essas pessoas eram donas de extensões territoriais enormes e que nem sempre eram produtivas. Com o passar do tempo, foram conhecidos também como fazendeiros, outro grupo de pessoas não tão detentoras de grandes extensões de terra como os latifundiários. Essas fazendas são grandes propriedades rurais onde se trabalha tanto na criação de gado quanto no cultivo da terra, da lavoura ou agricultura como é conhecida.

Os fazendeiros ou os proprietários rurais são um dos responsáveis pelo andamento positivo da economia de nosso país. São pessoas que além de gerar renda àqueles que possuem como força de trabalho o cultivo da terra, também importam e exportam suas riquezas socialmente produzidas, além de fornecer o sustento de milhões e milhões de pessoas.

Além de gostar da terra e ter certo domínio quanto à administração de seu negócio, o fazendeiro necessita se aperfeiçoar e investir constantemente na aquisição de novas tecnologias, como maquinários modernos; novas formas de plantação e cultivo; irrigação; vacinas e doenças que podem prejudicar seu gado.

Os agricultores precisam ter uma apurada noção de tempo, ou seja, precisam saber qual o melhor período para o plantio e cultivo de determinada safra.

Para a realização de tais investimentos, muitas vezes será necessário parcerias governamentais como forma de fortalecer o empreendimento. O governo sabe da importância dessa parcela da população e muitas vezes não mede esforços na oferta de subsídios e créditos para a ampliação e investimento tanto na agricultura quanto na pecuária. Porém é sempre importante estar atento a essas propostas de crescimento, pois muitos trabalhadores dessa área acabam investindo demais e não tendo grande margem de lucro para arcar com seus compromissos financeiros, correndo o risco de perderem suas terras.

Os fazendeiros da atualidade devem estar atentos quanto a questões ecológicas, de preservação da natureza e de suas reservas naturais, tendo como objetivo um meio sustentável uma vez que a fonte de sua riqueza é extraída de uma fonte natural. A terra.

Valorize o trabalho do fazendeiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Post navigation